PUBLICIDADE
Topo

Honda e Yamaha dominam ranking das 10 motos mais vendidas em 2019; confira

Infomoto

07/01/2020 04h00

No ano passado, foram vendidas 1.077.553 motos – aumento de 14,59% em relação a 2018

Na semana passada, foi divulgado o balanço final das vendas de veículos, no mercado brasileiro, em 2019. Com 4.036.303 unidades emplacadas no total, o resultado confirmou as projeções feitas pela Fenabrave, federação que reúne os distribuidores de veículos no país. A alta nas vendas de veículos em todos os segmentos foi de 10,48% ante as 3.653.297 unidades comercializadas em 2018 – o volume considera todos os segmentos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos).

Mais especificamente no segmento de motocicletas, o resultado foi ainda melhor: 1.077.553 veículos de duas rodas vendidos no ano passado, um aumento de 14,59% sobre 2017, quando o volume foi de 940.394 unidades. Ou seja, um boa notícia para o segmento de motocicletas,. que confirma a tendência de recuperação.

Mais vendidas

Já entre os modelos de motocicletas mais vendidos, pouca novidade. A Honda lidera as cinco primeiras posições, encabeçada pela CG 160, a motocicleta e o veículo mais vendido do Brasil em 2019, com 307-973 unidades emplacadas entre janeiro e dezembro do ano passado – superando o Chevrolet Onix, o automóvel mais vendido com 241.214 unidades vendidas.

Aliás, Honda e Yamaha dominam o ranking das 10 motos mais vendidas em 2019. A Yamaha aparece apenas na sétima colocação, com a Fazer 250. O que é de se estranhar, afinal, a moto mais vendida da marca dos três diapasões não é o modelo mais barato – depois dela ainda aparecem Crosser e Factor, ambas de 150cc e mais baratas, porém menos com vendas menores do que a sofisticada Fazer 250 ABS.

Confira abaixo o ranking das 10 motos mais vendidas no Brasil no ano passado.

1º Honda CG 160 – 307.973 unidadesLíder de vendas há décadas, a Honda CG 160 manteve seu posto de moto – e veículo – mais vendido do Brasil em 2019. Disponível em três versões – Start, Fan e Titan – a CG 160 custa a partir de R$ 9.060, na versão Start, que tem partida elétrica, mas freio a tambor em ambas as rodas, que são raiadas.

2º Honda Biz – 155.920Outro sucesso de vendas da Honda, a CUB Biz é vendida em duas versões – uma de 110cc, com freio a tambor e rodas raiadas; e outra, de 125cc, com rodas de liga-leve e freio a disco na dianteira. O preço da Biz 110i é de R$ 8.150.

3ª Honda NXR 160 Bros – 122.353A trail urbana, que tem roda aro 19 na dianteira, NXR 160 Bros também ocupa o topo do ranking das mais vendidas há alguns anos. Equipada com o mesmo motor da CG 160, porém com uma ciclística mais versátil é ideal para percorrer estradas não pavimentadas ou até mesmo nossas ruas e avenidas esburacadas. O preço da Bros é de R$ 12.860.

4º Honda Pop 110i – 102.807Modelo mais barato da Honda, a Pop 110i tem preço sugerido de R$ 6.326, o que explica seu sucesso nos rincões do Brasil. Ela usa o mesmo motor da Biz 110i, porém com embreagem manual. Em 2020, a Pop ganhou freios combinados CBS.

5º Honda CB 250F Twister – 36.361"Ressuscitada" em 2015, a Twister ganhou um novo e inédito motor de 250cc flex, além de um visual novo. Desde então, vem conquistando clientes e galgando posições no ranking para recuperar o sucesso de vendas da "antiga Twister". Vendida em duas versões – com CBS e outra com ABS – a nova Twister parte de R$ 14.636, com freios combinados.

6º Honda PCX 150 – 35.582Única scooter no ranking das 10 motos mais vendidas no ano passado, a Honda PCX 150 perdeu uma posição no ranking entre 2018 e 2019, mas suas vendas aumentaram. Isso porque a scooter ganhou novas versões neste ano com freios CBS e ABS, além de amrt key (chave inteligente). O preço da versão de entrada, CBS, é de R$ 11.990.

7º Yamaha Fazer 250 ABS – 25.328Renovada em 2017, a Fazer 250 com freios ABS já mostrou que a renovação no modelo agradou aos consumidores. Mesmo com preço sugerido de R$ 16.803, vendeu mais que outras motos mais baratas e de menor capacidade cúbica da própria Yamaha.

8º Honda XRE 300 – 24.718A veterana trail de 300cc da Honda já passou por diversas atualizações, mas em 2020 ganhou um design completamente novo, além de freios ABS de dois canais. Mudanças que ajudaram a XRE 300 a se manter entre as mais vendidas, mesmo com o preço sugerido de R$ 18.590.

9º Yamaha XTZ 150 Crosser – 24.570As trail urbanas têm mesmo feito sucesso no Brasil. Prova disso é que, além da Honda Bros 160, a Yamaha XTZ 150 Crosser venda mais até mesmo que as versões street da marca, que usam o mesmo motor, a Factor e a Fazer 150. Vendida em duas versões – S e Z- a Crosser 150 ainda ganhou freio ABS na dianteira em 2020; o preço parte de R$ 12.800

10º Yamaha Factor 150 – 22.499Com bom custo benefício, a Yamaha Factor 150 tem rodas de liga-leve, painel digital e freio a disco na dianteira, embora seja um modelo de entrada. Com diversos atributos e o preço sugerido de R$ 10.647, a Factor 150 completa nosso ranking das 10 motos mais vendidas em 2019. (por Arthur Caldeira)

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.

Blog da Infomoto