Topo
Blog da Infomoto

Blog da Infomoto

Pop 110i 2019, modelo mais barato da Honda, ganha freios combinados

Infomoto

2006-03-20T19:07:00

06/03/2019 07h00

Motoneta tem sistema CBS no modelo 2019 e custa R$ 5.790

Em 2018 quase 100 mil unidades da Honda Pop 110i foram produzidas em Manaus (AM) fazendo dela a quarta moto mais vendida do Brasil. O modelo é o mais barato da Honda e tem como principal mercado a Região Nordeste, que concentra 70% de suas vendas. A motoneta tem preço sugerido de R$ 5.790 e sua receita de sucesso mescla robustez, economia e baixo custo de manutenção. Na versão 2019, a grande novidade é o sistema de freios combinados.Em 2018, Pop 110i foi a quarta moto mais vendida do Brasil com quase 100 mil unidades

Chamado pelo fabricante de CBS, o sistema atua na roda dianteira sem a interferência do piloto. O funcionamento é simples, basta o piloto pisar no pedal do freio traseiro que um cabo, posicionado junto ao pedal, transmite parte da força de frenagem para a roda de frente.Sistema combinado da Pop aciona o freio dianteiro quando o piloto pisa no pedal de freio traseiro

Quanto mais forte for a pressão no pedal, maior será a frenagem na roda dianteira. Em frenagens de emergência, por exemplo, quando a roda traseira chega a travar, a roda dianteira chega a receber 30% de frenagem. Com isso, o espaço de frenagem diminui e o controle da moto é maior. Vale ressaltar que, para manter-se como um modelo de baixo custo, a Pop 110i ainda usa freios a tambor.

Além do sistema de frenagem, que atende a legislação atual, o novo modelo ganhou uma nova cobertura do banco, agora texturizada, que o diferencia da versão anterior e evita que o piloto escorregue no assento.

Receita de sucessoSimples e fácil de pilotar, Pop 110i faz sucesso no Norte e Nordeste

No restante, a Pop 110i não teve modificações. Seu motor de 109,1 cm³, alimentado por injeção eletrônica, produz a potência máxima de 7,9 cv a 7.250 rpm e o torque de 0,90 kgf.m a 5.000 rpm e é alimentado apenas por gasolina. Se os números de desempenho e sua velocidade máxima de 90 km/h não empolgam, a economia é seu maior trunfo.

O consumo em velocidade constante de 80 km/h é de 37,76 km/litro, divulgado pelo fabricante. Já na cidade, que é o "habitat natural" da Pop, em nossa avaliação fez a ótima média de 43 km/litro.Motor injetado tem câmbio de quatro marchas e faz mais de 40 km/litro

Leve, com apenas 87 kg a seco, a Honda Pop 110i é uma das motos mais simples e fáceis de pilotar. O câmbio de quatro marchas sequenciais e com embreagem manual tem engates fáceis. A receita de simplicidade excluiu até a partida elétrica, mas basta acionar o pedal que o motor desperta rapidamente.Assento texturizado é outra novidade do modelo 2019

A receita da Pop é um sucesso, prova disso são as curvas de vendas que vêm em crescente desde seu lançamento em 2007. Segundo Alexandre Cury, diretor comercial da Honda, "aos poucos as outras regiões do Brasil, vão descobrindo as qualidades da Pop 110". O modelo 2019 já está nas lojas em três opções de cores: branca, preta e vermelha. (por Cicero Lima)

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.