PUBLICIDADE
Topo

Primeira moto Yamaha vira super-heroína na CCXP; conheça a 'Red Dragonfly'

Infomoto

07/12/2019 06h00

Yamaha e Marvel têm estande na feira geek

A Yamaha está realmente decidida a fisgar o público mais jovem e encontrou na Marvel Comics um caminho para isso. Depois de exibir no Salão Duas Rodas nove modelos com roupagens alusivas aos heróis vistos em "Vingadores: Ultimato", a marca dos diapasões volta ao São Paulo Expo quase um mês depois para desbravar um evento totalmente novo em seu currículo: a Comic Con Experience, ou simplesmente CCXP, que acontece até o dia 8 de dezembro.Parceria com estúdio visa atrair os jovens para o mundo das motos

Presente com um estande no evento de cultura geek, a Yamaha levou novamente alguns dos modelos customizados pela oficina Bendita Macchina – menos as motos do Rocky Racoon (Factor 150) e de seu parceiro Groot (Crosser 150) – para os visitantes se esbaldarem nas fotos.Modelos inspirados nos heróis Marvel, como a MT-03 Iron Man, darão origem a edições especiais que chegam às lojas em 2020

Mas a fabricante não parou por aí. Dentro do espaço, que reúne uma coleção de camisetas e bonés criados em conjunto com a grife Piticas, bastante conhecida no universo geek, ainda estão três painéis com desenhos da Red Dragonfly, ou Libélula Vermelha, em português. Cada um criado por uma ilustradora diferente, os desenhos trazem interpretações diferentes para a mesma super-heroína, desde o visual até sua "história de origem".YA1, primeira moto fabricada pela Yamaha, virou a super-heroína "Red Dragonfly" pelos traços de três ilustradoras brasileiras

O nome também não é por acaso: "libélula vermelha", ou aka-tombo em japonês, é o nome pelo qual ficou conhecida a YA1, primeiro modelo produzido pela Yamaha em 1955. Equipada com motor monocilíndrico dois tempos de 125cc, a moto produzia 5,6 cv de potência a 5.000 rpm, enquanto o torque máximo era de apenas 0,96 kgf.m disponíveis nos 3.300 giros.

"A Red Dragonfly é um projeto audacioso e completamente fora da curva da companhia. Seu corpo rubro metálico lembra a libélula, ícone japonês poderoso por seus presságios, símbolo da transformação. Ela nasceu predestinada, com nome de heroína, formas inspiradas em insetos e narrativa de grandes clássicos de HQ", descreve Ricardo Enzo Susini, diretor comercial da Yamaha.

A Marvel e as motos

Harley Street 750 estreou no filme Capitão América 2

Se no Brasil a Marvel e a Yamaha fizeram uma parceria inédita, nos EUA, é a Harley-Davidson quem caminha lado a lado com o estúdio norte-americana. Em 2012, a marca de Milwaukee e a Casa das Ideias se uniram pela primeira vez para promover o filme "Os Vingadores" em uma promoção na qual cinco felizardos criaram personagens que apareceram em HQs online ao lado do Capitão América, Homem de Ferro e companhia, pilotando motos da marca.

Já em 2013, a coisa ficou mais séria com o Steve Rogers pilotando em cena de "Capitão América 2 – O Soldado Invernal" a Street 750, que estava prestes a ser lançada. No ano seguinte, os filmes da Marvel se consolidaram de vez como vitrine da H-D ao mostrar ao mundo pela primeira vez a LiveWire, primeiro modelo elétrico elétrico da marca no filme "Vingadores: Era de Ultron".

Depois disso, as marcas voltaram a se unir no mundo real, com 27 motos especialmente customizadas com temática de heróis da Marvel, que ficaram expostas na Comic Con Oz, em Sydney, na Austrália.

E você? Tem algum super-herói ou heroína favoritos? Compraria uma moto temática dele ou dela? (texto Carlos Bazela / fotos Divulgação)

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.

Blog da Infomoto