PUBLICIDADE
Topo

Infomoto

Motociclistas enfrentam trilhas para levar remédios a povoados na Amazônia

Infomoto

03/05/2020 04h00

Motoclube, Rueda Amazonas Motor, uniu solidariedade com a paixão pelo motociclismo fora-de-estrada

Em meio a pandemia do novo coronavírus, um motoclube do Peru encontrou uma forma de unir solidariedade com a paixão pelo motociclismo fora-de-estrada. O grupo de trilheiros da província de Chachapoya, no norte do País, está usando motos off-road e quadriciclos para levar medicamentos a povoados isolados na floresta amazônica.

Além do difícil acesso, o governo peruano decretou uma rigorosa quarentena, em 18 de março, e toque de recolher que proíbe o tráfego de pessoas e veículos do fim da tarde à manhã do dia seguinte para conter a disseminação de covid-19 no país. Com isso, medicamentos de uso contínuo usados contra outras enfermidades, como hipertensão, diabetes etc, não conseguem chegar aos postos de saúde e aos habitantes desses pequenos povoados.Trilheiros vestem equipamentos off-road, além de macacão sanitário e máscaras cirúrgicas

"Muitos dos locais mencionados são de difícil acesso, o que exige pilotos qualificados para garantir que as remessas cheguem oportuna e adequadamente", afirma Jindley Vargas Zumaeta, presidente do motoclube Rueda Amazonas Motor (RAM) do Peru, em entrevista ao site da revista peruana Mototec, especializada em motos. O grupo ficou conhecido como "chasquis cruz vermelha", em referência aos chasquis, mensageiros do antigo império inca.Grupo leva remédios e insumos para postos de saúde e animais de criação

Entre a capital Chachapoyas e a vila de Ocallí, por exemplo, são apenas 139 km, levam mais de cinco horas para serem percorridos devido aos bloqueios das autoridades policiais e às estradas ruins da região. O trajeto demorado faz com que muitas vezes os trilheiros só cheguem às localidades perto da "hora proibida", ou seja, quando apenas veículos oficiais e ambulâncias podem rodar nas estradas.

Mas Zumaeta diz que o grupo trabalha com o governo de Chachapoyas e espera o apoio de outras províncias para que possam circular pelas estradas de terra e trilhas da Amazônia, levando remédios para as pessoas e medicamentos para animais de criação. São as motos ajudando a salvar vidas em épocas de pandemia.(Texto Arthur Caldeira, com informações da revista Mototec / Fotos RAM Peru)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.