PUBLICIDADE
Topo

CES 2020: moto elétrica "inteligente" alerta sobre perigos na via

Infomoto

09/01/2020 04h00

Damon Hypersport tem 200 cv de potência e 320 km de autonomia

Tradicional feira de tecnologia e inovação, a CES 2020, que acontece em Las Vegas nos Estados Unidos, tem se tornado, a cada ano, uma vitrine para o futuro dos carros, e também das motos. Neste ano, a Hypersport da canadense Damon Motorcycles, uma moto esportiva elétrica com números de desempenho impressionantes e tecnologia de segurança de ponta, recebeu até o prêmio de uma das melhores inovações do evento.

A Damon Hypersport tem, de fato, números superlativos: 200 cavalos de potência e atinge uma velocidade máxima de 300 quilômetros por hora, além de uma autonomia de 320 quilômetros na estrada. Além disso, a Hypersport está repleta de tecnologia até então inédita na maioria das motocicletas, incluindo ergonomia ajustável em tempo real e um sistema de segurança para motociclistas, desenvolvido em parceria com a BlackBerry.

Co-piloto 360°Moto usa tecnologia BlackBerry e tem diversos sensores e radares para alertar sobre perigos

"Estamos em uma missão para liberar todo o potencial da mobilidade pessoal para os passageiros do mundo, reduzindo os incidentes de motociclistas na estrada", disse Jay Giraud, co-fundador e CEO da Damon Motorcycles.

"Para alcançar isso, passamos os últimos três anos desenvolvendo uma plataforma de motocicleta eletrônica totalmente conectada e equipada com inteligência artificial que incorpora o CoPilot, nosso sistema próprio de alerta de 360º . Ao construí-la com a melhor tecnologia da categoria, da BlackBerry, com certificação de segurança, as motocicletas Damon serão as motocicletas elétricas mais seguras e avançadas do mercado".Hypersport já pode ser encomendada por 25 mil dólares, cerca de R$ 100 mil

A Hypersport conta com um avançado sistema de alerta, batizado de "CoPilot 360º", que usa câmeras, radares e outros sensores para alertar os motociclistas sobre ameaças na via. Com uma rede neural a bordo, esses mesmos sensores também coletam e identificam o comportamento do tráfego, as condições da estrada e os dados de intenção do piloto.

Com seu conjunto de conectividade 4G, Wi-Fi e Bluetooth incorporado, a Hypersport agrega esses dados na nuvem para melhorar o desempenho geral do sistema com atualizações aéreas enviadas de volta para cada motocicleta Damon. Como a Tesla, as atualizações são aprovadas pelo proprietário de cada Hypersport antes de serem lançadas a bordo.Outra inovação é o sistema "shift" que permite ajustar a ergonomia até mesmo em movimento

"Esse nível de aprendizado profundo e conectividade é sem precedentes, garantindo a cada motociclista um percurso mais inteligente, seguro e conectado; não apenas para indivíduos, mas para comunidades inteiras, com o objetivo de reduzir incidentes em todo o mundo", garantiu Dom Kwong, co-fundador e diretor de tecnologia da Damon Motorcycles.

Pois é, como diz o slogan da própria Damon Motorcycles: "O futuro não é algum dia. É hoje". Mas somente para aqueles que tenham os 24.995 dólares (cerca de R$ 100 mil) pedidos pelo modelo, que já pode ser encomendado no site da empresa. (Por Arthur Caldeira)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.