Topo
Blog da Infomoto

Blog da Infomoto

Yamaha Tracer 700 aparece com nova 'cara' em Milão, mas não virá ao Brasil

Infomoto

05/11/2019 15h12

Modelo crossover não está nos planos da marca para o País

Apresentada em 2015, a Yamaha Tracer 700 nada mais é do que a versão sport-touring da MT-07, naked à venda no Brasil. Feita para viajar, a 'estradeira' Tracer 700 ganhou um novo design e algumas melhorias na edição deste ano do Salão de Milão, que abre as portas para o público apenas na quinta (7) e vai até domingo (10) na cidade italiana.

O modelo compartilha o mesmo motor de dois cilindros e 689 cm³ da MT-07, que agora foi ajustado para atender às novas normas anti-poluição da Europa (Euro-5), mas vem em um pacote mais confortável para longas viagens. O que inclui uma posição de pilotagem mais relaxada, tanque maior, assento mais largo e uma carenagem frontal para desviar o vento.Tracer 700 tem tanque de 17 litros e mais conforto para viajar do que a MT-07

Visualmente, a Tracer 700 ficou mais "futurista". A principal diferença está na sua semi-carenagem frontal, agora mais facetada. O antigo conjunto óptico deu lugar a duas 'faixas' de LED e dois canhões de luz, mais potente. O parabrisa ganhou um prático sistema de ajuste manual e o painel agora é totalmente digital, como na sua "irmã maior", a Tracer 900GT.

Um dos principais destaques do estande da marca japonesa, a Tracer 700 é, há tempos, desejada pelos motociclistas brasileiros. E não é por menos: o desempenho do bicilíndrico de 75 cv e com torque desde os baixos giros parece ter sido feito para rodar na estrada. E quem já pilotou a bem acertada MT-07, certamente já imaginou como seria um modelo mais confortável e versátil, como o da Tracer 700.

Mas não se iludam. Questionada, a Yamaha do Brasil se limitou a afirmar que não há planos de comercializar a Tracer 700 no País. Um dos motivos seria o investimento para nacionalizar o modelo e montá-lo em Manaus, o que faria o preço ficar bem próximo do valor cobrado pela Tracer 900GT, já vendida no nosso mercado por 49.390.

TMax 'bombado' Maxiscooter ganhou motor maior, de 560 cc

Além da Tracer 700, outro velho conhecido – e desejado – dos brasileiros ganhou uma versão mais bombada no EICMA 2019. O maxi scooter TMax, que já foi vendido no Brasil há alguns anos, recebeu um novo motor, de maior capacidade: passou dos antigos 530 cc para 560 cc, tudo para atender à Euro-5.

Juntamente com o motor maior, o TMax ganhou um visual mais esportivo e uma versão mais 'tecnológica', com painel digital e conexão Bluetooth. Caro até mesmo para os padrões europeus, o TMax 560 também não está nos planos da Yamaha para o Brasil, garantiu a empresa.Nova MT-03 estava em Milão e deve chegar ao País no segundo semestre de 2020

Portanto, a única novidade de Milão que deverá chegar ao país é a nova MT-03, que ganhou um design mais futurista, novo painel e suspensões revistas. Ainda não há previsão de quando a nova geração da naked de 321cc deve desembarcar no Brasil. Mas tudo indica que seja no segundo semestre de 2020. Resta-nos aguardar. (por Arthur Caldeira, de Milão)

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.

Blog da Infomoto