Topo
Blog da Infomoto

Blog da Infomoto

MotoGP começa neste domingo; Honda, Yamaha e Ducati são favoritas ao título

Infomoto

2009-03-20T19:08:00

09/03/2019 08h00

Campeonato Mundial de Motovelocidade é competição mais importante do motociclismo

Acabou a espera para os fãs da motovelocidade. No próximo domingo, 10 de março, acontece a primeira etapa da temporada 2019 do Campeonato Mundial de Motovelocidade no Catar. Realizado desde 1949, a competição é a mais tradicional e respeitada da modalidade. Neste ano, além das três categorias já conhecidas – Moto3 (250cc), Moto2 (765 cc) e MotoGP (1.000 cc) -, haverá a estreia da MotoE, que terá apenas cinco provas ao longo do ano em caráter experimental."Adversário" íntimo: Lorenzo (à esq.) chega para disputar com Marquez na equipe Honda

Mas, na MotoGP, a principal categoria, o destaque fica para a batalha dentro da equipe oficial Honda Repsol entre o pentacampeão Marquez e o tricampeão Lorenzo, que trocou a Ducati pela marca japonesa. No paddock, Marc Marquez é "o homem a ser batido", segundo a lenda Giacomo Agostini, piloto italiano que tem 15 títulos mundiais no currículo, referindo-se ao estilo arrojado e peculiar do jovem espanhol de 26 anos.Fenômeno da MotoGP, Marc Marquez faturou cinco títulos nas últimas cinco temporadas

Já Lorenzo está com "fome" de vitórias. Três vezes campeão da categoria com a Yamaha, a última delas em 2015, o piloto de 32 anos teve uma curta temporada (2017-18) na equipe oficial Ducati, onde venceu três provas apenas no ano passado e terminou na nona colocação na classificação geral. Perfeccionista e dono de um estilo de pilotagem limpo sem erros, Jorge Lorenzo quer mostrar que pode ser campeão novamente.

Busca pelo décimo títuloAos 40 anos, Valentino Rossi é piloto mais carismático e famoso da MotoGP

Nos boxes da equipe Yamaha está o piloto de maior carisma do MotoGP, Valentino Rossi. Aos 40 anos, Rossi também quer provar que pode vencer, apesar de ser um veterano, e não abandona o sonho de conquistar seu décimo título mundial. Junto com Rossi as esperanças de milhões de fãs do "Doutor" alinharão no grid.Viñales quebrou jejum de vitórias da Yamaha no ano passado

Porém, a missão de Rossi não será fácil. Dentro dos boxes da equipe oficial Yamaha está outro jovem espanhol, Maverick Viñales, de 24 anos. Em 2018, mostrou que cresceu na categoria com muita regularidade e até a vitória no GP da Austrália. Feito que acabou com o jejum de vitórias da Yamaha, que havia vencido na Holanda em 2017.Dovi (04): depois de dois vice-campeonatos o italiano quer conquistar o título para a Ducati

Por falar em regularidade, a equipe Ducati aposta no italiano Andrea Dovizioso para conquistar o título de campeã mundial – que não acontece desde 2007 com o australiano Casey Stoner. Dovizioso, vice nos dois últimos anos, conquistou quatro vitórias em 2018 e se diz motivado para finalmente ser coroado como campeão. No box da Ducati, estará seu compatriota Danilo Petrucci que, apesar de veterano na categoria (seu primeiro GP foi em 2012), ainda não conhece o sabor da vitória.

EstreantesO português Miguel Oliveira vai pilotar uma KTM da equipe Tech3

Chegar à categoria MotoGP é atingir o ápice da carreira para um piloto de motovelocidade. Em 2019 alguns pilotos farão sua estreia e, junto com a vontade de birlhar, carregam a curiosidade dos fãs sobre o comportamento dentro da categoria. O português Miguel Oliveira, vice-campeão da Moto2 no ano passado, alinha ao guidão de uma KTM da equipe Tech3. O italiano Francesco Bagnaia competirá pela Pramac e pilotará uma Ducati. O espanhol Joan Mir vai para a Equipe Oficial Suzuki, enquanto o francês Fabio Quartararo integra a Yamaha Petronas SRT.

Na equipe satélite da Yamaha também está o ítalo-brasileiro, Franco Morbidelli. Em seu segundo ano na MotoGP, Morbidelli quer levar seu capacete com as cores italianas e brasileiras para o pódio.Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli vai acelerar uma M1 da equipe satélite Yamaha Petronas

Vale a pena prestar atenção também à categoria MotoE, espécie de MotoGP elétrica. Embora ainda seja a temporada de estreia com apenas cinco etapas, começando em Jerez, na Espanha, as motos elétricas podem ser o futuro da motovelocidade. Além disso, o brasileiro Eric Granado, que já competiu nas categorias Moto2 e Moto3, irá pilotar uma das 18 motos do grid. Todos os pilotos vão guiar modelos Energica Ego Corsa que produz 110 kW (147 cv) e pode chegar a 250 km/h.

Com dezenove etapas, o Mundial de Motovelocidade tem também como atração a competitividade das categorias de acesso Moto2 e Moto3 sempre repletas de muitas disputas e pilotos estreantes que não medem esforços – e nem consequências – para alcançar a vitória.Os 22 pilotos da MotoGP, principal categoria do Mundial de Motovelocidade

As provas da primeira etapa, que acontece no circuito de Losail no período noturno, serão transmitidas ao vivo pelo Canal por assinatura SportTV com treinos no sábado (dia 9) às 11:30 h e provas no domingo (dia 10) à partir da 11:30 h. A MotoGP está programada para as 14:00 h do domingo. (por Cicero Lima)

Calendário do Campeonato Mundial de Motovelocidade 2019
Data Local
10/3 Losail, Catar
14/4 Termas do Rio Hondo, Argentina
22/4 Austin, Estados Unidos
05/5 Jerez, Espanha
19/5 Le Mans, França
02/6 Mugello, Itália
16/6 Barcelona, Espanha
30/6 Assen, Holanda
07/7 Sachsenring, Alemanha
04/8 Brno, República Checa
11/8 Spielberg, Áustria
25/8 Silverstone, Inglaterra
15/9 Misano, Itália
22/9 Aragon, Espanha
06/10 Buriram, Tailândia
20/10 Motegi, Japão
27/10 Phillip Island, Austrália
03/11 Sepang, Malásia
17/11 Valência, Espanha

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.