Topo
Blog da Infomoto

Blog da Infomoto

Conceito de moto elétrica tem smartphones no lugar dos espelhos

Infomoto

18/11/2018 08h00

Bolid-E foi desenvolvido em parceria entre a Energica e a Samsung

Famosa por suas motos elétricas de alto desempenho, que irão disputar a Moto-E, espécie de MotoGP das motos elétricas em 2019, a empresa italiana Energica uniu forças com a gigante dos smartphones, Samsung, para criar o conceito Bolid-E apresentado no Salão de Milão 2018, que terminou em 11 de novembro.

O conceito de moto elétrica Bolid-E incorpora o projeto "Smart Ride" (passeio de moto inteligente, em tradução livre), desenvolvido em parceria com a Samsung. A moto foi escolhida para demonstrar algumas tecnologias avançadas que focam no futuro da mobilidade em duas rodas.Smartphones Galaxy A funcionam como espelhos retrovisores, câmera de ação e fornecem informações da estrada

Uma das tecnologias desenvolvidas no projeto Smart Ride é o uso de câmeras de alta definição em vez de espelhos retrovisores convencionais. Há câmeras integradas na parte dianteira e traseira da Bolid-E. A visualização ao vivo é então alimentada para dois dispositivos Samsung Galaxy da linha A, montados como "espelhos inteligentes".
Além de mostrar a visão traseira e tempo real como um espelho retrovisor, os monitores duplos também funcionarão como um dispositivo HUD. Usando a câmera frontal, eles poderão analisar e destacar obstáculos e perigos na estrada à frente do condutor.

Os espelhos também podem funcionar como câmeras de ação, permitindo que o motociclista assista aos momentos emocionantes do passeio ou de uma volta na pista.

Relógio é a chaveEnergica Bolid-E pode ser ativada por meio do Galaxy Watch

Outra nova tecnologia desenvolvida com a Samsung é a incorporação da conectividade Bluetooth e NFC entre a Energica Bolid-E e o novo Samsung Galaxy Watch.

No conceito Bolid-E o Galaxy Watch funciona como uma espécie de dispositivo de desbloqueio inteligente, mais ou menos como uma Smart Key, presente em motocicletas Honda, BMW e Ducati. Além do relógio do proprietário, que pode ser usado para desbloquear e ligar a moto, as permissões podem ser concedidas a outros relógios. Seria como emprestar as chaves da sua moto a um amigo. O Samsung Galaxy Watch também pode ser usado para localizar o Bolid-E em um estacionamento, como se fosse possível perder uma moto tão inusitada como essa.App para smartphone capta telemetria do passeio de moto e ainda informa sobre a carga da bateria

As empresas também desenvolveram um aplicativo dedicado para oferecer mapeamento ao vivo e enviar dados de telemetria para o telefone do motociclista. Dados como a distância percorrida, velocidade média, carga da bateria, entre outras informações, podem ser acessadas a qualquer momento no app.

"Na Samsung, sabemos que a inovação pode desempenhar um papel fundamental, pois permite projetos revolucionários com impacto direto na vida cotidiana. Esta é exatamente a razão pela qual estamos comprometidos em continuar explorando novos setores, onde as ideias podem ser transformadas em projetos reais, graças à tecnologia", afirmou Francesco Cordani, diretor de marketing e comunicação da Samsung Italia.Baseada na elétrica Eva EsseEsse9, Bolid-E ainda é só um conceito, mas parece bem real

Baseada na Eva EsseEsse9 da Energica, uma naked elétrica que já está à venda, a Bolid-E, entretanto, ainda é apenas um conceito desenvolvido em parceria com a Samsung Electronics Italia. O objetivo das duas empresas é demonstrar como seria uma moto elétrica do futuro e como se combinaria com a tecnologia móvel. (por Arthur Caldeira)

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.