Topo
Blog da Infomoto

Blog da Infomoto

Honda CG 160 Fan 2019, líder de vendas, ganha novas rodas e fica mais cara

Infomoto

28/08/2018 06h00

Fan agora tem as mesmas rodas da Titan e custa R$ 9.390

Versão mais vendida da linha Honda CG, a Fan 160 ganhou novas rodas de liga-leve – com o mesmo desenho da Titan-, além de grafismos e a inédita cor cinza metálico no modelo 2019. Agora o modelo estará disponível nas cores preta e vermelha, além do novo cinza. O preço também aumentou: passou de R$ 9.035  para R$ 9.390, um acréscimo de 3,8% no valor. Vale lembrar que esse é o preço público sugerido para o Estado de São Paulo, sem frete e seguro. O preço praticado nas concessionárias varia em cada estado. Grafismos e novo cinza metálico também são novidades da CG 160 Fan 2019

As outras versões da CG 160, a Titan e a Start, trazem apenas novas cores e grafismos. A CG 160 Titan, topo de linha da família, agora será vendida nas cores vermelha e azul, ambas perolizadas, e na nova cor prata metálico. O preço passou de R$ 10.241 para R$ 10.490.Novos grafismos na top de linha Titan, que agora sai por R$ 10.490

Já a Start, modelo de entrada de 160 cc, que tem partida elétrica, mas rodas raiadas e freio a tambor na dianteira, passou de R$ 8.030 para 8.390. E será vendida também na cor preta, além do tradicional vermelho.   160 Start tem rodas raiadas e freio a tambor na dianteira por R$ 8.390

A CG 160 Fan Cargo, modelo para uso profissional, também ganhou as novas rodas de liga-leve. Continua sendo vendida apenas na cor branca, mas seu preço passou de R$ 9.035 para R$ 9.490.

As versões CG 125i Cargo e CG 125i Fan não sofrem alterações e continuam sendo comercializas como modelo 2018, nas cores branco, na primeira, e vermelho e preto, na segunda. Os preços não foram alterados: sendo R$ 7.161 para a CG 125i Fan, e R$ 7.165, na Cargo de 125cc.

Mecânica inalteradaLinha CG 160 2019 – Titan, Fan e Start – manteve o motor flex e mesmo chassi

Embora tenham recebido novidades no acabamento, a família Honda CG 160 manteve a motorização e a ciclística. O propulsor de todas as versões é o monocilíndrico de 4 tempos de exatos 162,7 cm³, bicombustível com refrigeração a ar, que gera 15,1 cv (etanol) e 14,9 cv (gasolina) de potência máxima a 8.000 rpm. O torque máximo é de 1,54 kgf.m (etanol) e 1,40 kgf.m (gasolina) a 6.000 rpm.Freios combinados são de série na CG, mas rodas de liga só na Fan e na Titan

Os freios utilizam o sistema combinado (CBS), em que ao pisar no freio traseiro, o dianteiro também é acionado. Proporcionando assim um menor espaço de frenagem. As suspensões mantiveram a tecnologia SFF (Separated Function Fork), no qual cada garfo dianteiro tem uma função: em um está a mola e no outro o amortecedor.

Toda a linha CG tem três anos de garantia e sete trocas de óleo gratuitas e estará à disposição na rede de concessionárias a partir de setembro. (Por Arthur Caldeira)

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.