Topo
Blog da Infomoto

Blog da Infomoto

Dia do Motociclista: 45% das cidades brasileiras têm mais motos que carros

Infomoto

27/07/2018 15h34

Cena comum no Nordeste: mais motos que carros nas ruas

Hoje, 27 de julho é celebrado o "Dia do Motociclista". Uma homenagem a uma figura cada vez mais comum e importante em nossas ruas e estradas. Se você ainda não se acostumou com o som das buzinas nas grandes cidades ou a visão de motos no campo, saiba que a cada ano a frota de motocicletas cresce no Brasil. Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em abril deste ano havia 26.427.751 motos registradas em todo o País. Um crescimento de 3,44% quando comparado ao mesmo período de 2017.

A pesquisa "A frota de veículos nos Municípios em 2018", divulgado em junho pela Confederação Nacional dos Municípios também mostra que existe uma moto para cada 7,86 brasileiros. Confira esses e outros números na nossa lista de 10 fatos para comemorar o Dia do Motociclista:

26.427.751 é a frota brasileira de motocicletas, motonetas e ciclomotoresMotociclistas fazem passeio no encontro de Brasília em 2017 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Em abril deste ano, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), havia 26.427.751 motos registradas em todo o País. Um crescimento de 3,44% quando comparado ao mesmo período de 2017. A pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios mostra que a frota de motos ainda é praticamente metade dos automóveis, que são 53.459.374 em todo o País.

– No Brasil há 1 moto para cada 7,86 habitantesO número de motos por habitante ainda é baixo no Brasil, o que mostra o potencial do setor

Quando comparados com a população estimada do Brasil os números apontam que há um carro para cada 3,89 habitantes, enquanto existe uma moto a cada 7,86 brasileiros. Essa disparidade, segundo especialistas, demonstra que ainda há grande potencial para o segmento de duas rodas no Brasil.

– O Estado de São Paulo concentra 20,7% da frota de motosCom 5.473.513 motos, São Paulo é o Estado com a maior frota

O Estado de São Paulo possui a maior quantidade de motos com o total de 5.473.513 unidades, o que representa 20,7% da frota nacional; Minas Gerais ocupa o segundo lugar com 10,7% e o Ceará tem 5,7% do total de motos no País. O Amapá, com 76.131 motos, tem apenas 0,3% da frota.

– Na cidade de Pereiro (CE), 53,94% da população têm motoEm Pereiro há 6.182 motos e apenas 2.250 carros

Em números absolutos por município, a cidade de São Paulo é imbatível. Na capital paulista estão registradas 1.097.476 motos. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro (RJ) com 354.168 motocicletas; enquanto Fortaleza, capital do Ceará, é a terceira maior com 301.264 motos em suas ruas.

Mas a cidade com maior número de motos por habitante fica bem longe de São Paulo. Em Pereiro, no interior do Ceará e a 350 km da capital Fortaleza, mais da metade dos habitantes tem uma moto em casa. No município cearense, 53% das pessoas é motociclista e por lá rodam 6.182 motos contra 2.250 automóveis.

Em Tocantinópolis (TO), onde 53,07% da população tem moto, fica em segundo; Água Branca (PI) vem em teceiro com 49,34% dos moradores andam em duas rodas.

– Em 45% das cidades brasileiras há mais motos que carrosEm muitas cidades, a moto substituiu o animal, seja como meio de transporte ou como ferramenta de trabalho

Essa é a realidade em muitas outras cidades brasileiras, onde o número de motos supera a quantidade de carros. Segundo a pesquisa, 2.487, ou 45% dos 5.568 municípios do País tem mais veículos de duas do que de quatro rodas.

A maioria esmagadora dessas cidades está na região Nordeste do País. Não por acaso, onde a renda da população é mais baixa e o transporte público mais ineficiente ou até inexistente. Além disso, em vários Municípios do Norte e Nordeste do País há sinais de substituição dos animais de tração, como o cavalo, jumento e burro por uma moto. .

– Todas as 22 cidades do Acre têm mais motos que automóveisTodas as cidades do Acre, inclusive a capital Rio Branco, tem mais motos que carros

Em alguns Estados, como o Acre, por exemplo, em todos os 22 municípios o número de motos supera o de carros, inclusive na capital Rio Branco. No Maranhão e no Pará, 99% das cidades têm mais veículos de duas do que de quatro rodas.

– No Brasil, há 30.121.233 de pessoas habilitadas na categoria "A"O número de habilitados ainda é inferior ao número de motos

Mais de trinta milhões de brasileiros possuem habilitação Categoria "A", e podem usar motos. Apesar disso, ainda existem muitas regiões onde o número de motos emplacadas é superior ao dos habilitados na categoria "A". Um exemplo é a região Nordeste que possui uma frota de 7.489.883 motos e apenas 5.531.426 motociclistas, segundo o Denatran. O número mostra que muitos pilotam sem habilitação, o que, infelizmente, ajuda a explicar o grande número de acidentes.

– O Brasil é o sétimo maior produtor de motos do mundo; o maior fora da ÁsiaSetor de duas rodas produziu 882.876 motos em 2017

Em 2017, foram produzidas 882.876 motos no Brasil, o que nos coloca como o sétimo maior produtor de motos do mundo; e o maior fora da Ásia. São aproximadamente 2.400 motos fabricadas por dia. A maioria dos modelos é de baixa capacidade cúbica (até 160 cc). As vendas são lideradas pela Honda, que detém 80% do mercado, seguida pela Yamaha, com 10% das vendas. Apesar de expressivo, esse número já foi bem maior. Em 2011, batemos o recorde com 2.136.891 motos produzidas no País.

Fábricas de motos empregam 12.100 funcionários em ManausAs fábricas de motos empregam 12.100 funcionários

Manaus é a capital brasileira da moto. Em meio à floresta Amazônica e no encontro dos rios Negro e Solimões, existem quatorze fábricas que empregam 12.100 funcionários. Um batalhão de gente.

A indústria de motos é a segunda em faturamento no Pólo Industrial de Manaus (PIM), perdendo apenas para o setor de Eletroeletrônicos.  No primeiro quadrimestre deste ano, o setor de Duas Rodas teve faturamento de R$ 4,21 bilhões.

– Rede de 1.759 concessionárias em todo o PaísSão quase 2.000 pontos de vendas e assistência técnica de norte ao sul do País

Além de produzir, as fábricas têm que levar seus produtos até o público e oferecer garantia e assistência técnica. Para isso existe uma rede de concessionárias composta por 1.759 pontos de venda espalhados de norte a sul do Brasil. (por Arthur Caldeira e Cicero Lima)

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.