Topo
Blog da Infomoto

Blog da Infomoto

Triumph Tiger 1200 XCa é “SUV de luxo” das motos e custa R$ 83.490; assista

Infomoto

10/06/2018 08h00


Antes de partir da capital paulista com destino à Ilhabela procuro o miolo da ignição na nova Triumph Tiger 1200, mas não encontro. Como muitos automóveis de luxo, a bigtrail inglesa agora conta com o sistema "keyless", uma chave de presença que basta estar próxima da moto para liberar a partida. Esta é apenas uma das novidades da bigtrail inglesa para 2018.

Completamente reformulada, a Tiger 1200 perdeu peso e o nome "Explorer", mas ganhou potência no motor de três cilindros, que agora produz 141 cv (contra 139 da geração anterior), e diversos equipamentos para uma longa viagem com conforto e segurança.Versão XCa, topo de linha, chega em duas cores: branco (acima) e verde

"A nova linha Tiger 1200 é tão avançada que o seu desenvolvimento levou quatro anos… Estas são, de longe, as Tiger mais prontas para a aventura já construídas", afirma Waldyr Ferreira, General Manager da Triumph no Brasil. O modelo chega às lojas em três versões com preços que vão de R$ 60.090 na versão XR a R$ 83.490 na versão XCa, a topo de linha avaliada no lançamento.Faróis de LED adaptativos se acendem conforme a moto se inclina nas curvas

A Tiger 1200 XCa recebeu inéditos faróis de LED adaptativos, um belo e funcional painel de TFT com tela colorida de 5 polegadas, além de freios ABS combinados e controle de tração mais modernos e um novo modo de pilotagem. As suspensões eletrônicas semiativas, o para-brisa com ajuste elétrico e o sistema Hill Hold Control (assistente de partida em subidas) foram herdados do modelo anterior.

Não se preocupe com a enorme lista de inovações tecnológicas. Embora seja necessário um diploma de engenheiro para compreender os complexos sistemas, fica claro como eles funcionam na prática, alterando visivelmente o caráter da motocicleta e melhorando o controle do piloto.

Conforto na estradaTiger 1200 ficou mais leve: na versão XCa perdeu 10 kg; são 248 kg a seco

Depois de dar partida com a chave no bolso da jaqueta, selecionei um dos seis modos de pilotagem por um botão no punho esquerdo. Aproveitando outra mudança bem-vinda na Tiger 1200: os comandos foram redesenhados e estão mais fáceis de operar; a na versão XCa ainda são retro iluminados. Optei pelo modo "Road", que tem uma resposta média do acelerador, para rodar na cidade.

Há ainda um joystick multifuncional para navegar pelo painel e fazer praticamente todas as alterações possíveis na eletrônica da moto ou até mesmo ajustar a altura do para-brisa. A fina garoa que caía em Sampa me obrigou a erguê-lo até o ajuste mais alto.Punhos foram redesenhados e estão mais fáceis de operar na nova geração

Um pouco de trânsito urbano e logo pegamos a Rodovia dos Imigrantes sentido litoral. Mas já foi possível perceber a diferença da perda de peso na bigtrail. Com novos materiais no motor e quadro, além de um escapamento esportivo Arrow, a Tiger 1200 XCa ficou 10 kg mais leve. Regime sempre bem-vindo em uma moto que agora pesa 248 kg (a seco).

Seja na cidade ou na estrada, destaque para o novo sistema shift assist, que permite a troca de marchas sem o uso da embreagem. O funcionamento é irretocável: em baixos giros, alta rotação, com acelerador aberto… as trocas foram feitas com rapidez e de forma suave. Outro equipamento exclusivo da versão XCa, que agrega conforto em uma viagem longa: já imaginou quantas vezes você troca de marcha ao rodar 700 km em um dia?

Controle fora da estradaBigtrail tem seis modos de pilotagem, incluindo o novo "Off-Road Pro"

Antes de chegarmos para o almoço em Barra do Una, a 150 km de São Paulo, um desvio para percorremos as areias da praia de Boracéia, no litoral norte do estado. Mas antes uma parada estratégica para avaliar o terreno e trocar para o modo de pilotagem "Off-road", que só pode ser acionado com a moto estacionada. Na verdade, é fundamental alterar o modo: alguns jornalistas que não o fizeram tiveram problemas na areia, pois o controle de tração fica muito intrusivo e a moto não sai do lugar.

Nesse modo, o ABS é desligado na traseira e o controle de tração permite que a roda derrape até duas vezes a velocidade da roda dianteira. As suspensões também alteram a sua configuração. Os mais radicais podem optar pelo novo "Off-Road Pro" que, basicamente, desliga todos os controles e endurece a suspensão.Versão XCa tem pedaleiras usinadas, farois auxiliares e protetores de motor e radiador

Embora não seja uma moto de trilha, a Tiger 1200 vai muito bem no fora-de-estrada. A ergonomia revista e as pedaleiras usinadas (na XCa apenas) permitem pilotar de pé com segurança e a eletrônica dá conta do recado. Rodas raiadas com pneus sem câmara completam o pacote aventureiro da Tiger 1200 XCa.

O motor tem torque de sobra desde as baixas rotações. Basta escolher uma marcha e acelerar que o tricilíndrico responde de forma progressiva, sem sustos, mas com força para superar um trecho de areia mais fofa. O torque máximo de 12,44 kgf.m aparece a 7.600 rpm, mas a 3.500 giros mais de 90% já está disponível.

Sofisticação e tecnologia de sobraSuspensões WP têm ajuste eletrônico; rodas raiadas usam pneus sem câmara

Depois de um longo almoço, ainda tínhamos de seguir pela Rodovia Rio-Santos até São Sebastião, de onde parte a balsa para Ilhabela. Acabamos pegando um trecho noturno. Hora de os faróis adaptativos entrarem em ação.
Em linha reta, os novos faróis de LED, que também têm iluminação diurna, já ofereciam um bom facho de luz. Mas o sistema de "cornering lights" faz exatamente o que o nome promete: ilumina a parte interna das curvas. Pequenos LEDs se acendem conforme a moto se inclina, aumentando a segurança.

Depois de pouco mais de 200 km, a nova Tiger 1200 mostrou suas qualidades. O motor tem bom desempenho no asfalto e seu consumo melhorou: apenas com piloto o computador de bordo marcou 22 km/litro, o que resulta em uma autonomia de 440 km com o tanque de 20 litros. E a transmissão final por eixo-cardã significa menos manutenção.Motor tricilíndrico de 1215 cc produz 141 cv; destaque para o assistente de troca de marchas

As rodas raiadas e os pneus sem câmara oferecem a robustez para encarar terra e até areia. Enquanto a tecnologia embarcada se traduz em mais segurança e controle para o piloto.

Com um pacote de equipamentos bem completo, digno de um SUV de luxo, a Tiger 1200 garante conforto para quem quer fazer longas viagens com bagagem e garupa. Ainda mais na versão XCa, topo de linha, que vem com faróis auxiliares, barras protetoras de carenagem, além de aquecedor de manopla e de assento como itens de série.

Triumph Tiger 1200 XCaFicha técnica
Motor três cilindros em linha, 12 válvulas, DOHC, refrigeração líquida
Diâmetro x Curso 85,0 X 71,4 mm
Capacidade 1.215 cm³
Potência Máxima 141 cv a 9.350 rpm
Torque Máximo 12,44 kgf.m a 7.600 rpm
Sistema de Alimentação Injeção Eletrônica
Partida Elétrica
Câmbio 6 velocidades com sistema shift assist
Embreagem Multidisco em banho de óleo com assistente
Transmissão final por eixo-cardã
Suspensão
Dianteira Garfo telescópico invertido (upside-down) WP com tubos de 48 mm e 190 mm de curso, com ajuste eletrônico
Traseira Monobraço com um amortecedor WP, com ajuste eletrônico e 193 mm de curso da roda traseira
Freios
Dianteiro Disco duplo flutuante de 305 mm, com pinças radiais monobloco Brembo de quatro pistões (ABS)
Traseiro Disco simples de 282 mm com pinça de dois pistões Nissin (ABS)
Pneus
Dianteiro 120/70 – R 19
Traseiro 170/60- R 17
Quadro Tubular de aço em treliça
Altura do Assento 835 mm (855 mm)
Distância Mínima do Solo não disponível
Dimensões (C x L x A) 2.230 mm x 930 mm x 1.540 mm
Distância entre-eixos 1.520 mm
Tanque de Combustível 20 litros
Peso (a seco) 248 kg
Cores Cristal White e Marine
Preço R$ 83.490

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.