PUBLICIDADE
Topo

Honda XL 250R faz 30 anos e ganha festa

Infomoto

11/02/2014 14h42

POST_HONDA_XL250R_1A protagonista da festa: nas paredes, fotos e lembranças da época áurea da moto

Uma grande companheira sempre merece homenagens. Ainda mais se ela abriu as portas para as aventuras, incentivou a viajar por todos os lugares do Brasil, com ela – seu companheiro, na época de apenas 15 – encarou trilhas em busca da melhor paisagem e claro entrou para o mundo das duas rodas.

Seu dono é Diego Rosa, 40 anos, que resolveu fazer uma homenagem à amiga que completou 25 anos em sua garagem e três décadas de nascimento, ou melhor: fabricação. Sua Honda XL 250R, ano 84, a quem ele chama carinhosamente de Vermelinha. "Os barcos não têm nome? As motos devem ter também" justifica o piloto durante a festa de aniversário da moto. Isso mesmo, festa de aniversário da moto com bolo e tudo!

POST_HONDA_XL250R_3Até as letras usadas para decorar o bolo são as mesmas utilizadas na grafia da moto

Mas não foi uma festa qualquer no fundo da garagem. Diego é uma pessoa detalhista e cuidou de tudo para que sua moto não se sentisse deslocada. As lembranças e docinhos eram alusivos ao tema XL 250R e o ambiente foi decorado com motivos ligados ao mundo das motocicletas, estradas e aventuras. Além disso, várias revistas e livros com matérias da XL 250R estavam disponíveis para que os convidados conhecessem melhor a história do modelo. Em algumas reportagens a própria Vermelinha foi protagonista. Aliás, ela é conhecida dos leitores do UOL em um artigo polêmico que causou a ira dos amantes de motos antigas (relembre aqui).

Polêmicas à parte o número de convidados e o pique da festa mostraram que não falta carisma para essa XL 250 R. Entre os convidados estavam, além da família do piloto, amigos. Alguns deles com histórias diretamente ligadas à moto, como os proprietários da revenda Brag-Moto, de Bragança, que a entregaram, os mecânicos da Tsuji Motos, de Atibaia e até um engenheiro da Honda. "Realmente é um acontecimento inusitado, já estive em vários eventos, mas nunca em uma festa para uma moto" afirmou Alfredo Guedes Júnior – supervisor de relações públicas da Honda.

POST_HONDA_XL250R_2Até dos doces tinham as cores e temas ligados à Honda XL 250

Enquanto a banda tocava clássicos do rock como Stairway to Heaven do Led Zeppelin, era possível curtir outras motocicletas expostas no espaço. Modelos como Agrale Dakar 30.0, Honda XLX 350R, Honda XL 125S, Vespa PX 200E, Honda CB 50 e XL 125 Duty, representantes da década de 1980, um período de muito romantismo sobre duas rodas. Diego é tão ligado aos modelos dessa época, que criou um blog dedicado a elas e suas aventuras (conheça aqui).

Ao som dos parabéns e sob as palmas dos convidados o motor da XL 250R foi ligada e bastou uma acelerada para que o gás do escape apagasse a vela do bolo. Como presente pelos seus 30 anos a moto também ganhou a placa preta. A placa, certificada pela Federação Brasileira de Veículos Antigos, comprova sua originalidade e estado impecável. Segundo Diego, XL estará em sua garagem por muitas décadas e nem passa em sua cabeça a possibilidade de vendê-la. "Eu? jamais! Essa XL estará sempre em minha vida!". (texto: Cicero Lima/fotos: Caio Mattos)

POST_HONDA_XL250R_4Diego Rosa e seus amigos se reuniram para comemorar os 30 anos da moto, sendo 25 com ele ao guidão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Infomoto

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Blog da Infomoto

O blog da INFOMOTO traz novidades, curiosidades, dicas e também os bastidores do mundo de duas rodas. Com uma visão de dentro do capacete.