Blog da Infomoto

MTT Superbike: a moto mais potente do mundo

Infomoto

Turbine Superbike produz 320 cavalos de potência e cerca de 60 kgf.m de torque

A empresa norte-americana Marine Turbine Technologies ganhou fama no início dos anos 2000 com a Y2K (year two thousand ou ano 2000, em português), que era movida por uma turbina de helicóptero e apareceu no filme “Fúria em Duas Rodas“. Mas agora a MTT resolveu ir além e criou a MTT Turbine Superbike “empurrada'' por uma turbina a gás Rolls-Royce Allison 250, também de helicóptero,  que produz 320 cavalos de potência máxima. Desempenho que já lhe rendeu o título de moto mais potente do mundo no Guinness Book, o livro dos recordes.

Só falta voar: com 186 kg a seco e mais de 1,70 m de entre-eixos a MTT Superbike pode chegar pero dos 400 km/h

Pesando 186 kg a seco, a MTT Turbine Superbike usa um quadro de alumínio e carenagem em fibra de carbono. Em função do tamanho do motor, digo turbina, a distância entre-eixos é de 1,72 metro, também para ajudar a estabilidade em altas velocidades. Movida a diesel ou querosene de aviação, estima-se que a MTT Superbike possa chegar perto dos 400 km/h de velocidade final. Para parar essa insana potente motocicleta foram usados três discos de 320 mm de diâmetro (dois na frente e um atrás) com pinças Brembo de quatro pistões. O modelo já pode ser encomendado em diversas cores ou até mesmo em uma versão streetfighter, com balança traseira mais longa e grafismos personalizados. O preço: a partir de US$ 175.000. Mas caso os 320 cv de potência máxima não sejam suficientes, não se preocupe. A MTT está trabalhando em uma versão com 420 cavalos que poderá superar os 400 km/h. (por Arthur Caldeira)

  1. JOSE

    17/04/2013 20:23:33

    quantos reais brasileiros

  2. pereira

    28/03/2013 21:57:46

    n sei p que uma moto com tanta velocidade.

  3. Arnaldo Rentes

    23/02/2013 16:49:15

    Concordo com leszz e a solução que sugeriu funcionou muito bem para a BMW. Os carros da marca sempre foram excelentes, mas bem feiosos até o final dos anos 70. Não sei exatamente quando, contrataram designers italianos. Coincidiu com a "era dos yuppies", a marca se consolidou como símbolo de status e o resto é História.

  4. Gilsimar Borba

    17/02/2013 12:45:39

    Deus que me perdoe!!!K potência lascada sô!!!e k moto feia!!!

  5. ledzzz

    29/01/2013 22:14:49

    Gostaria muito de pilotar esta ou a Y2K, mas acho que essa marca ganharia mais respeito se contratasse um bom designer automobilístico como o Pessoal da MV Augusta ou Ducati.P*ta "motinho" feia

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso